Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Pronunciamentos’ Category

A importância do Seminário de Gestores Municipais para Projetos do PAC 2 promovido pelo deputado federal Décio Lima (PT-SC), foi destacada pelo vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT). “Nunca na história de Blumenau a cidade conseguiu reunir tamanha representação de Santa Catarina para conhecer os projetos do governo federal para o estado e Blumenau”.

Prefeitos, vice-prefeitos, secretários, vereadores e assessores de mais de 200 municípios do estado compareceram. “Foi uma grande aula no sentido de orientar os gestores catarinenses sobre como alcançar os recursos que estão à disposição dos grandes e pequenos municípios de Santa Catarina”, assinalou.

Oliveira aproveitou para rechaçar críticas feitas antes do encontro, e lembrar que “se Blumenau tivesse feito o dever de casa, ou a capacidade de entender a diferença entre reconstrução e prevenção, não teria enfrentado tantos problemas”. Conforme o líder petista, após a catástrofe de 2008, o prefeito foi a Brasília com uma caixa de documentos, sem qualquer projeto, tentando a liberação de recursos.

A ida de sete vereadores a Assembléia Legislativa para levar o apelo de Blumenau e do Vale do Itajaí por mais segurança foi citada por Vanderlei. “Embora havia dito que não precisávamos mais reclamar, acho que vamos ter que continuar batendo nesta questão, porque é raro passar uma sessão em que um vereador não fale de segurança. Contudo, nos últimos anos, temos visto o decréscimo na política de atenção a segurança em Blumenau. Não adianta a base do governo dizer que estão trabalhando, porque a cada ano que passa, a cidade é pior atendida neste quesito. Por isso não dá para arrefecer, para silenciar. Vamos continuar cobrando destes que respondem por segurança publica em Santa Catarina”, assegurou.

Fonte: vereador Vanderlei de Oliveira – fone 9131-9193

Anúncios

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 17 de março de 2011

Foto: Harley

“Desde 2005, a cidade tem sido abandonada”, afirmou o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT), ao se referir ao bairro Vila Itoupava. “O prefeito abandonou aquela região. A localidade tem muita importância e não vou concordar com esta atitude. Os moradores dizem, às vezes, que aceitariam ser anexados a Massaranduba por se sentirem sozinhos há muito tempo”. A região Sul também não tem recebido a atenção da prefeitura, segundo o parlamentar.

O petista ainda condenou a privatização de parte do Samae. “Liguem pra Foz (Foz do Brasil) hoje e vocês serão atendidos por uma mensagem gravada. Tentem ser ouvidos no PROCON pra reclamar desta instituição. Liguem para a ouvidoria da prefeitura pra ver se vocês serão atendidos. Queria estar falando sobre coisas boas, mas infelizmente tenho que abordar coisas ruins”.

Vanderlei sugeriu ainda que os parlamentares que aprovaram a privatização para fazerem uma reunião com os responsáveis pela instituição. “Por fim, quero pedir que os blumenauenses juntem as mãos, tragam para si o sentimento de pai e mãe que Blumenau precisa ter neste momento. Nós não podemos perder a Vila Itoupava. Eles são filhos desta cidade”.

Foto: Arquivo AssessoriaFoto: Arquivo Gabinete

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 15 de março de 2011

“O programa de governo da atual estrutura que comanda Blumenau, que prometia regularizar os loteamentos clandestinos e áreas de ocupação, inclusive ruas de placas amarelas, dando dignidade às famílias de baixa renda, não está sendo cumprido”. A afirmação foi feita pelo petista VANDERLEI DE OLIVEIRA, ao relacionar mais de vinte pontos da cidade que não estão recebendo atenção da prefeitura. “Este é o tipo de documento que político não deve utilizar, porque não pode cumprir. As casas do povo simples de Blumenau são destruídas. Já para os amigos do imperador de Blumenau, a recomendação é de fechar os olhos ou fazer um ajuste de conduta”, disparou.

O líder do Partido dos Trabalhadores destacou que Blumenau recebeu recursos federais para o Plano Municipal de Habitação e para outras áreas, mas algumas obras começaram e pararam nos seguintes locais: Morro Dona Edite, Morro da Pedreira, Morro da Coripós, Morro da Emil Wehmuth, Morro do Arthur, do Wigando Wild e Geronimo Correia, Vila Jensen, Vila Vitoria, Vila União, residencial Celso Odelli, ruas Maria Pinheiro da Silva, Inês Radaveli e da Figueira, Vila Bromberg, Vila Feliz, Loteamento Residencial Figueira, Loteamento da Prefeitura (COHAB da rua Fritz Koegler), Loteamento da Prefeitura na rua Romário Conceição Badia, ruas Avelino Pering e Ida Wippel, no Progresso, Loteamentos cidade Jardim I e II, Morro do Laguna, no Fidelis, Loteamento Morada do Sol e Loteamento Nova Esperança.

Para Oliveira “se não se quer fazer, não se promete, porque disseram que iriam resolver o problema das ruas de placas amarelas. Quase sete anos depois nada fizeram, as comunidades estão abandonadas. Ao mesmo tempo, abandonaram e começaram novas áreas, com investimento de mais de 170 milhões. Temos ouvido que estas comunidades não são atendidas por serem de placas amarelas, o que não é verdade, porque muitas recebem atendimento”, denunciou.

Vanderlei também convidou a comunidade a participar na próxima segunda-feira, a partir das 15h, da audiência pública sobre a proibição de circulação do transporte intermunicipal pelos corredores exclusivos. “Parece que este projeto é secreto, porque até agora ninguém viu”, ironizou. Ele solicitou ao líder do governo que apresentasse cópia para fazer uma análise antes da audiência pública de segunda-feira.

Ao mesmo tempo, registrou satisfação com matéria no jornal do Daclobe da FURB, sobre a defensoria pública, em contraponto ao que é dito em Santa Catarina sobre a importância da supressão da defensoria e uso da advocacia dativa. “Parabéns a todos pelo belíssimo posicionamento, sobre a importância da defensoria pública”, apontou.

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 10 de março de 2011

Foto: Câmara Municipal

“O que este governo está fazendo com nossa cidade?”, questionou o vereador VANDERLEI PAULO DE OLIVEIRA (PT), que acredita que o município perdeu a sensibilidade. Para ele Blumenau precisa se resgatar. O parlamentar se comprometeu a trazer para tribuna da Câmara projetos e programas “esquecidos há mais de uma década”. Vanderlei trouxe imagens do abandono da capela mortuária do bairro Escola Agrícola e fez questionamentos sobre a obra que seria realizada no local. Também falou sobre o binário da rua Paris e mostrou a localidade. “Querem fazer uma via expressa do Alto Vale até Itajaí para andarmos a 200 quilômetros por hora e nem o binário da Paris fizeram”, destacou. Oliveira ainda apresentou documentos públicos feitos pela comunidade de Blumenau que, segundo ele, foram abandonados. “O governo instalado na cidade e no Estado está cuidando dos problemas outros e não dos seus próprios”, salientou.

O vereador destacou também a situação pela qual passa o Progresso e solicitou a limpeza da região.  “Quase R$ 7 milhões do governo federal liberados para limpeza dos córregos em Blumenau e o que acontece? As mulheres que moram as margens dos rios estão desesperadas, porque fazem um serviço de aparência, deixam o maquinário nos locais e não fazem nada”, denunciou.

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 14 de dezembro de 2010

Foto: Câmara de Vereadores

“Todas as nossas ações e posições adotadas no período tiveram como norte contemplar os anseios de mais de 300 mil habitantes de Blumenau”. A frase marcou a despedida de 2010 do petista VANDERLEI DE OLIVEIRA, observando que ainda podem surgir novidades antes do final do ano. Ele também pediu desculpas aos familiares pela ausência, em função do trabalho desenvolvido no mandato. Aos companheiros de plenário, disse que não os considera inimigos, mas adversários políticos, na luta por melhorias pela cidade. Também agradeceu a imprensa blumenauense, pela atenção dedicada aos trabalhos legislativos, aos servidores da câmara e aos colegas de gabinete. Da mesma forma lembrou sua participação na coordenação do fórum de vereadores de Santa Catarina e informou que será um dos oito representantes do poder legislativo no Conselho Nacional das Cidades. O líder petista adiantou que irá continuar realizando o mesmo trabalho no próximo ano.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 09 de dezembro de 2010

Após ouvir o protesto do presidente do Conseg do bairro Vorstadt, sobre a falta de atenção do Executivo com a região, o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT) disse que o desrespeito se estende a todos os bairros. “Fico perplexo quando vejo que as coisas não acontecem, ainda mais quando a responsabilidade é do poder público”, manifestou. Oliveira alegou ainda que o local não é o único a ser esquecido. “Projetos que passaram por aqui também foram deixados de lado, como o dique da Vila Nova”, afirmou. O petista ainda considerou que muitos dos responsáveis pelo governo da cidade não compreendem como funciona a sociedade. “Ainda tem gente que desmente e diz que a cidade está bem cuidada”, ironizou.

Ainda sobre o assunto, o parlamentar citou a obra do viaduto da Mafisa, que não está concluído. “Empresários pagaram R$ 100 mil, a prefeitura R$ 50 mil, contratou e licitou o projeto, entregou para ser executado e hoje o viaduto não está liberado porque o executivo não cumpriu sua parte”, considerou. Segundo o vereador, a empresa quer terminar a obra para receber os recursos, mas está impossibilitada.

Ele ainda comentou os documentos apresentados pelo vereador Deusdith de Souza, com denúncias contra a Secretaria de Planejamento de Blumenau. “Os documentos não são assinados por uma pessoa qualquer, são engenheiros e arquitetos que vivem a vida do município e que procuram a Câmara para se amparar nos seus direitos contra os mandos e desmandos que acontecem na cidade”, relatou. O petista ainda alegou que “o Executivo pratica crimes dentro do próprio governo e que parte das leis do Legislativo é conforme as ordens do prefeito. É preciso mudar o comportamento no que diz respeito à defesa da cidade e do estado democrático de direito”, defendeu.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 07 de dezembro de 2010

Baseado no discurso do seu companheiro de partido, Vânio Salm, o vereador Vanderlei de Oliveira (PT) criticou a atual situação das escolas, centros de educação infantil e unidades de saúde na cidade. “Está de mal a pior, assim como também a segurança pública. E, apesar disso, os governantes continuam dizendo que está tudo bem. Bem aonde?”, questionou.

O petista disse que no próximo ano convidará os engenheiros do DNIT e os responsáveis pela secretaria municipal de obras e Deinfra para explicar o motivo pelo qual o Viaduto da Mafisa ainda não foi liberado. “O povo luta há anos por esta obra. O governo federal liberou R$7 milhões e nada foi feito. O problema é que Blumenau não faz o dever de casa”, afirmou.

Ainda comentou sobre a votação do orçamento da prefeitura para o próximo ano, que é superior a R$1 bilhão. “Até onde sei a cidade tem 76 credores com ordem judicial de pagamento. Já enviei requerimento à procuradoria do executivo perguntando como e quando o departamento faria os pagamentos, mas eles se negam a responder”, finalizou.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

« Newer Posts - Older Posts »