Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Área Azul’

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 22 de outubro de 2009

Faixa privatizacao[1]Ao citar nota do Jornal de Santa Catarina informando que o prefeito foi ao Tribunal de Contas do Estado, acompanhado do presidente do Samae, o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT), lamentou que a administração queira dar continuidade à implantação do sistema de esgoto. Ele prometeu voltar ao assunto, por considerar que mais uma vez ultrapassou as barreiras da Câmara: “As matérias têm sido plantadas na imprensa, antes da Câmara tomar conhecimento, como foi o caso do transporte intermunicipal”, criticou. O líder petista analisa que “pelo menos parte da bancada do governo deveria ser chamada para trazer algumas explicações sobre o que fizeram com os problemas encontrados no edital de licitação”.

Oliveira, que ocupa interinamente a presidência da Comissão de Constituição e Justiça, esclareceu sobre o projeto que introduz mudanças na Área Azul. “A matéria está sendo analisada pela CCJ e não será despachada antes de se reunir e receber as informações solicitadas ao Conselho de Planejamento, Conselho de Desenvolvimento Econômico, Seterb e da própria Assessoria Jurídica”. O vereador anunciou que a comissão vai se reunir somente na próxima terça-feira, às 13h30, “e o despacho acontecerá se as respostas vierem a contento”, frisou.

Vanderlei também chamou atenção para coisas que parecem corriqueiras, mas de grande alcance. “Imaginem uma mãe que precisa usar o transporte coletivo com uma criança de colo e tem que passar pela catraca. Infelizmente não existe nenhuma proposta para evitar acidentes”, disse.  Ao mesmo tempo, lembrou que “enquanto se fala tanto em descentralização, as pessoas que têm dificuldade de locomoção são obrigadas a irem ao Shopping para fazer a carteira do cartão Siga. Quando se trabalha para tirar do centro, algumas ações são feitas justamente no sentido inverso”, disse. Ele sugeriu a prestação deste serviço nos terminais urbanos do transporte coletivo.

Acompanhando as obras do viaduto da Mafisa, disse que o governo federal fez a sua parte e não completou ainda porque o municipal e o estadual não cumpriram sua responsabilidade. “Esperamos que isso ocorra para que a obra seja liberada ainda este ano e possamos acabar com o transtorno provocado”, observou.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau
Anúncios

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 20 de outubro de 2009

O cancelamento do último desfile da Oktoberfest e a revolta da população na rua XV no domingo de manhã surpreenderam o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT). “Espalharam uma botaria pela rua XV, dizendo que era porque os sem moradia faziam sua manifestação. No entanto, a decisão havia sido tomada muito antes pela organização da festa”, explicou o petista. Outra crítica de Vanderlei foi sobre a falta de esclarecimento dos motivos que levaram ao cancelamento: “Com toda essa boataria espalhada eu sou obrigado a ficar na dúvida de qual foi a verdadeira razão. Espalharam informações incorretas e não podemos acreditar em qualquer justificativa”.

Sobre a restrição dos ônibus intermunicipais em Blumenau, Vanderlei explicou que, até agora, “não pousou nenhuma iniciativa legal sobre a proibição do transporte dos ônibus”. O petista também contou que todos os vereadores de Pomerode estão revoltados com a situação, que ainda não foi esclarecida. “Vamos buscar explicações. Sabemos que não há nada decidido e sabemos que há pessoas com interesses nesta história”.

Outra proposta que recebeu críticas do parlamentar é a que modifica a Área Azul. “É inadmissível que esse projeto venha para a Câmara da forma que veio. Vamos tratar de retirar o regime de urgência porque a questão deve ser discutida”. Além disso, ele apontou que este e o dos ônibus intermunicipais são assuntos complexos “que pousam na cidade justamente quando se discute Oktoberfest e as reformas”.

A questão das moradias definitivas também foi abordada por Vanderlei, que indagou o que está sendo feito a respeito de creches, que serão necessárias nas proximidades destas construções. Ele apontou que os bairros Itoupavazinha e Progresso são exemplos de locais que irão precisar de creches. “Há a necessidade de o Governo Municipal apresentar uma resposta conclusiva e não deixar as coisas simplesmente acontecerem”, desafiou.

Por fim, mostrou imagens das condições da rua Julio Alpen, que possui uma cratera, representando perigo para quem transita pela via. “Enquanto algumas ruas na parte central recebem toda a manutenção, as comunidades que precisam não recebem atenção”, comparou Vanderlei. Ele ainda argumentou que não se trata de uma rua de placa amarela e, mesmo se fosse, deveria receber melhorias: “Não interessa qual a cor da placa, tratam-se de ruas do povo de Blumenau”.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »