Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘cultura’

Blumenau terá 23 vereadores em 2013.

A discussão sobre o novo endereço da Câmara de Vereadores está gerando polêmica em Blumenau. A cidade passará a contar com 23 vereadores a partir de 2013, resultado da aprovação da PEC 333 pelo Congresso Nacional. A atual estrutura, localizada no primeiro andar da prefeitura, não comporta o aumento de gabinetes.

Matéria veiculada no Santa (19/11/2010) ilustra algumas possibilidades que estão sendo debatidas pelos vereadores, trazendo a afirmação de que o vereador Vanderlei aponta a prefeitura antiga (FCB) como alternativa, mas não aprofunda seu pensamento.

O líder petista é contra a troca pura e simples de espaço com a Fundação Cultural. “A construção de um novo e adequado espaço para as artes é condição, a ser cumprida previamente, para que eu concorde com a transferência para a Antiga Prefeitura”, explica. Para o parlamentar “o governo municipal e a Câmara precisam ouvir a sociedade, suas reais necessidades”.

A decisão sobre o novo espaço caberá a nova Mesa Diretoria da Câmara e será tomada apenas no próximo ano.

Anúncios

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 27 de maio de 2010

“É difícil ouvir o relato sobre a situação da Escolinha de Artes. Imaginava que o prefeito tivesse sensibilidade com a cultura, mas mandou despejar uma parte e outra mandou pagar aluguel”. O desabafo foi feito pelo vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT), lembrando que “a cidade e a cultura estão agonizando”. O líder petista também classificou o secretário de educação “mal educado e insensível” e denunciou que “algumas pessoas fazem discurso macio nesta casa, mas nos bastidores são violentos. Efetivamente querem matar a educação e a cultura, porque aí fica fácil a sua permanência neste espaço”, completou.

Vanderlei também falou sobre a aprovação pela Assembleia Legislativa da emenda constitucional que exige autorização dos deputados estaduais e a posterior realização de referendo popular nos casos de alienação ou transferência do controle acionário da Celesc e Casan. Ele mostrou preocupação, porque, “embora a assembléia tenha aprovado por unanimidade, a vontade do governo da tríplice aliança e do governo biônico de Leonel Pavan é vetar a emenda”, conforme disse. Para o líder petista, “querem a transferência deste patrimônio para a iniciativa privada, para colher as benesses por mais 35 anos”, e prometeu acompanhar o processo em nome de todos os trabalhadores da Celesc e da Casan. Ao mesmo tempo, lembrou que em Blumenau foi aprovada emenda a Lei Orgânica, impedindo a privatização do esgoto, “mas num golpe baixo, tentaram regularizar o procedimento viciado da privatização do sistema, estendendo os braços também para a área da água e igualmente para a saúde”.  Oliveira acha que o poder judiciário dará uma resposta, “mas mesmo que isso não ocorra, a população irá se manifestar, porque o déspota que está no poder não comanda uma parte que hoje está nesta casa”, disparou.

Por fim, voltou a criticar a administração municipal pela falta de iniciativa para suprir as necessidades habitacionais. “A cidade possui 6.389 famílias no Cadastro Único do Cidadão Atingido pela catástrofe de 2008, além de outras 2.563, cuja renda ultrapassa os três salários mínimos, e Governo de Blumenau não apresentou uma política sustentável, nem para a metade deste total. A cidade não apresentou nenhum projeto para atender estas pessoas”, lamentou. Conforme Oliveira, “até hoje o Governo Federal autorizou cerca de 2.200 unidades habitacionais, mas temos mais de seis mil cadastrados. É preciso um projeto global, mas a cidade de Blumenau não se preocupou em formalizar nada”.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 25 de maio de 2010

Ao retomar o assunto da concessão do esgoto em Blumenau, o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT) denunciou que o consórcio solicitou recursos da Caixa Econômica Federal para “justificar futuros investimentos no saneamento da cidade”. Segundo o parlamentar, o valor solicitado foi de R$ 212 milhões. “Eu imaginei que eles iriam buscar este valor nas empresas-mães, mas não, estão pedindo a um banco público, saqueando o município”, alegou. O petista afirmou que irá continuar lutando para impedir este “crime” contra o povo de Blumenau. “Não somos um município sem leis e precisamos defender o povo”, precisou.

Em outro momento, Vanderlei comentou com satisfação o andamento dos conjuntos habitacionais que vão beneficiar os atingidos da catástrofe em 2008. “Acompanhamos algumas obras, o Residencial Hamburgo e as 580 unidades do Passo Manso e os resultados são satisfatórios”, certificou. O petista observou ainda que possivelmente até o final do ano estas moradias serão liberadas.

Ainda sobre a construção das moradias definitivas, o vereador registrou também visita à rua Silvano Cândido da Silva, onde devem ser construídos apartamentos em terreno comprado pelo Executivo. “Para minha surpresa, nada foi feito ainda. Além da região não possuir creche, posto de saúde e escolas, o terreno está com problemas judiciais”, denunciou. O parlamentar informou ainda que, após mais de um ano, o terreno ainda não foi liberado. Vanderlei alegou que o “espírito” das construções era ser mais próximo das famílias que foram atingidas. “Segundo os moradores, ninguém naquele local foi atingido”, comentou.

O petista também registrou que a cidade possui agora uma nova estrutura para acompanhar a cultura em Blumenau. “Foi criado o Fórum Municipal de Políticas Públicas para a Cultura, que irá utilizar a tribuna semana que vem para informar quais políticas irá defender”, esclareceu. Segundo Vanderlei, o fórum discutirá com a comunidade assuntos que envolvam a política cultural e um dos assuntos em pauta é a situação da Escolinha de Artes Monteiro Lobato.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 13 de abril de 2010

“Toda sociedade se estrutura através da cultura, ou então não existe”. A afirmação é do vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT) ao criticar a falta de investimentos na cultura de Blumenau. O parlamentar citou o movimento dos artistas da cidade em frente à Fundação Cultural, ao defender que cultura não é baseada somente nas festas realizadas no município. ”A cultura é muito mais do que Oktoberfest, Páscoa, Natal ou Ano Novo. Para pensar no assunto, devemos pensar também em música, teatro e dança”, ressaltou. Ao comentar sobre conferências e conselhos de cultura, o petista afirmou ainda que as propostas não são respeitadas pelo governo municipal. Vanderlei defendeu que o poder público tem a responsabilidade de responder aos artistas e garantir uma situação estável a eles. “A política geral de cultura da cidade está sendo um fracasso, enquanto a estrutura cultural é fundamental para um município”, reforçou. O vereador solicitou que o problema que considera “estrutural” seja resolvido, para que a cultura blumenauense tenha a valorização que merece.

Em outro momento Vanderlei informou que apresentará anteprojeto propondo a constituição no município do Fundo Municipal do Idoso. “Temos conselho do idoso, algumas políticas e agora o governo federal determinou o fundo municipal do idoso”, informou.

Por fim, mostrou preocupação em relação às condições inadequadas que os trabalhadores estão sendo expostos e em relação à forma indevida do transporte de material dentro da cidade. “Há necessidades de melhorar as condições do trabalhador e observar a falta de segurança no que diz respeito à segurança do transporte de material”, defendeu.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 16 de março de 2010

O trabalho do Conselho Municipal de Saúde foi destacado pelo vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT), enaltecendo o enfoque dado a necessidade das unidades de pronto atendimento em Blumenau – UPA’s. “Na última semana tive a notícia que o deputado federal Claudio Vignatti garantiu a instalação de uma unidade na cidade”, informou. O petista observou que a medida teria como principal objetivo atender a comunidade que está localizada longe dos hospitais Santo Antônio e Santa Isabel, e evitar a sobrecarga destas casas de saúde. “O pronto atendimento deveria ser construído perto da BR-470 ou então junto ao espaço do Ambulatório Geral da Itoupava Central”, anunciou. Vanderlei lembrou que a necessidade vai além de apenas uma unidade, e que o ideal seriam outras para atender a região norte, distrito do Garcia e bairro Velha.

Em outro momento, o parlamentar solicitou respostas para a atual situação da escolinha de artes e do casarão das oficinas de artes em Blumenau. “São dois problemas que afetam a cultura, e gostaria que o Executivo resolvesse junto aos órgãos competentes, para que a verba seja bem investida e para que a população volte a ser atendida”, pediu. O petista citou a participação em eventos culturais, afirmando a importância de momentos como a apresentação do músico Luiz Vicentini no restaurante Park Blumenau, o lançamento do livro Pequeno Álbum, de Viegas Fernandes da Costa, no restaurante Farol e da apresentação do livro Desastre de 2008 no Vale do Itajaí, que fala sobre conseqüências e razões da catástrofe em Blumenau.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 09 de fevereiro de 2010

Os 30 anos do Partido dos Trabalhadores serão celebrados amanhã à noite em Blumenau. O anúncio foi do líder da bancada do PT na Câmara, VANDERLEI DE OLIVEIRA, que aproveitou para convidar os companheiros de partido e os simpatizantes para um evento nesta quarta-feira, a partir das 19h30, no Clube 25 de Julho. “O Partido dos Trabalhadores construiu uma história respeitada no mundo, na América Latina e, principalmente, respeitada no Brasil”, definiu o parlamentar. Vanderlei ainda informou que amanhã, durante o evento, tomará posse a nova direção do Partido. Ainda será prestada homenagem ao chefe de gabinete do vereador, Daniel Gonçalves, que faleceu na última semana.

Em outro momento, ele registrou a posse do novo Conselho Municipal de Cultura na manhã de hoje. Além de elogiar as duas últimas gestões, encabeçadas por Noemi Kellermann, Vanderlei adiantou que alguns membros já enviaram pedidos de mudanças nas políticas municipais voltadas à cultura.

O petista ainda denunciou que “alguns convênios feitos através da Secretaria Municipal de Assistência Social não estão sendo cumpridos desde o final do ano passado”. Conforme apontou, entidades como a Associação Blumenauense de Amparo ao Menor (Abam) estão passando por dificuldades porque “a prefeitura recebe os recursos e não repassa os valores”.

Em relação ao transporte coletivo, Vanderlei de Oliveira pediu que os líderes das bancadas governistas apresentem a planilha de custos utilizadas pelo Seterb para calcular o novo valor da passagem. “Não concordo com os percentuais, mas só vou fazer a avaliação definitiva com os dados em mãos”, garantiu.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »