Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Moradias Provisórias’

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 8 de dezembro de 2009

Mesmo mostrando imagens e solicitações da própria situação, que não foram atendidas, o vereador VADERLEI PAULO DE OLIVEIRA (PT), afirmou não ter conseguido que algo fosse feito pela rua Pastor Oswaldo Hesse. “Há aqui um conjunto de indicações da rua Pastor Oswaldo Hesse, até mesmo da bancada de governo”, mostrou. Vanderlei ainda lamentou que o governo não converse com a bancada de situação. Ele disse que as obras daquela via iniciaram na época do programa ‘Asfalta Blumenau’, antes das eleições de 2008, como mais de 40 obras e mencionou que “nenhuma foi concluída”. “Enganaram a população. Ano que vem é ano de eleição, quem sabe deste jeito as coisas saem. Peço a bancada do governo que repasse a João Paulo Kleinübing estas necessidades”, falou.

Ao voltar a salientar que os desabrigados continuam morando mal, o vereador mostrou imagens do Hotel Baviera, localizado no Centro da cidade, que está desativado e denunciou a precariedade da estrutura. Ele lembrou ainda que em outubro deste ano o “hotel da rede Barra Sul” foi temporariamente fechado, por determinação da Vigilância Sanitária, porque apresentava alguns problemas. “E as moradias provisórias que possuem problemões?”, questionou. Em seguida, Vanderlei ressaltou o mal que o ocorrido causou ao turismo do município. “Naquele período os turistas hospedados no hotel foram expulsos, o que prejudicou a imagem de Blumenau, como querem chamar turistas deste jeito?”, exaltou. Segundo Oliveira outro exemplo prejudicial a cidade é o Edifício América. “Há uma administração muito mal feita em Blumenau, que diz uma coisa e faz outra. Temos que lembrar que também dependemos de quem visita Blumenau”, observou.

Em outro momento, o parlamentar parabenizou todos os servidores que votaram nas eleições do Sindicato, ocorrida nos dias 3 e 4 de dezembro. Ele denunciou ter havido um movimentos “nos corredores da Prefeitura” para que os trabalhadores não se manifestassem. “Mais de 2.100 trabalhadores foram votar nas eleições e na Chapa 2, que acabou obtendo a maioria dos votos”, assinalou. Vanderlei desejou sorte aos eleitos. “Quando o resultado positivo vier para o trabalhador, virá para o povo”, declarou.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau
Anúncios

Read Full Post »

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 3 de dezembro de 2009

Logo após a liberação do novo complexo da Vila Germânica, o poder público conseguiu resolver o problema das altas temperaturas no interior dos pavilhões. Diante disso, o vereador VANDERLEI DE OLIVEIRA (PT) solicitou que, com igual agilidade, seja resolvido o problema das altas temperaturas no interior das moradias provisórias. “As condições são insuportáveis. Essas pessoas estão em situação pior do que os nossos criadouros de galinha, onde morrem por causa do calor”, comparou. Na opinião do parlamentar, esse fator já deveria ter sido levado em consideração antes de levarem as famílias aos locais: “É inconcebível que mais de mil pessoas, permanentemente, sejam prejudicadas em seus direitos mais elementares e colocadas nesta situação constrangedora”.

Preocupações no que diz respeito à moradia em Blumenau também foram apresentadas por Vanderlei. Além das recomendações da Defesa Civil quanto à instabilidade do solo, o parlamentar frisou que é necessário levar em consideração as coberturas das novas casas, tendo em vista o aumento da velocidade dos ventos ultimamente.

Por fim, argumentou que “há a necessidade de se pensar muito bem o plano de cargos e salários dos profissionais da saúde”. Conforme recomendou o parlamentar, deve ser feito um amplo debate com a sociedade e com os profissionais da saúde.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »

VANDERLEI: “A NATUREZA MANDOU MAIS UM RECADO”

NA TRIBUNA: Pronunciamento na sessão do dia 29 de setembro de 2009.

Um total de R$ 2 bilhões 141 milhões foi o que o governo federal disponibilizou para Santa Catarina após a catástrofe ocorrida em novembro do ano passado, de acordo com o vereador VANDERLEI PAULO DE OLIVEIRA (PT). Ele lembrou já ter falado a respeito da administração destes recursos e observou que “a natureza mandou mais um recado”. “Todos estamos angustiados nos últimos dias. A população tem razão em reclamar”, declarou. O vereador argumentou que o governo municipal tem feito “obras de aparência” e citou como exemplo os córregos da Itoupava Central. “Na região Norte abriram os córregos e colocaram as máquinas onde aparecia, mas onde não poderia ser visualizado nada foi feito. Dez meses depois nada foi feito”, enfatizou.

O parlamentar ainda comentou já ter mostrado as dificuldades quanto a limpeza e desassoreamento da tubulação existente na rua Anchieta e afirmou que toda cidade passa pelo problema. “Blumenau recebeu caminhões para fazer a limpeza das tubulações e nada foi feito”, mencionou. E voltou a apresentar números. “Só de recursos diretos para os governos foram mais de R$ 800 milhões. Isto é complicado”, salientou. Vanderlei ainda denunciou que os agricultores da cidade estão sendo prejudicados pela Prefeitura. “Eles estão sendo multados e obrigados a pagar IPTU”, informou. O petista destacou também que há tempos as moradias de Blumenau foram construídas sem fossa e filtro e agora, mesmo após a catástrofe, a Prefeitura “investe pesado na fiscalização das moradias com notificações e multas, principalmente nas classes D e E”. Vanderlei comentou que se as famílias têm dificuldade de instalar a fossa e o filtro no período de 30 dias, o poder público multa e faz ameaças. “Ao invés de darem prosseguimento num programa público de melhoria causam situação de desespero no povo de Blumenau”, afirmou.

Em outro momento, o vereador apontou que quando denunciou a Prefeitura na Procuradoria Geral de Florianópolis e Brasília, por conta das moradias provisórias, diversos “bocas alugadas” disseram que estava fazendo uma disputa político partidária. “Pode até ser, mas é em defesa de quem precisa”, declarou. Ele ainda anunciou que um documento da Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Vale do Itajaí confirma a fraude que foi a liberação das moradias provisórias.

Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Blumenau

Read Full Post »